Na agenda do Consórcio Nordeste na Europa, o governador Wellington Dias esteve na Confederação da Indústria da Itália, com empresários de vários segmentos e muitos empreendedores que desconhecem as potencialidades dessa região brasileira. “São empresas conhecidas no cenário internacional que investem no Brasil e na região e que destacam a importância tanto de parcerias com os governos federal, estaduais e municipais para o bom desempenho dos seus negócios”, afirma Wellington.

Na reunião, que contou com a participação do ministro de Economia e Finanças da Itália, Roberto Gualtieri, o governador apresentou as possibilidades de investimentos do Piauí para os próximos anos. “É uma carteira que pode chegar nos próximos anos a R$ 1 trilhão nas mais diferentes áreas, como saneamento, energia, infraestrutura. Ao mesmo tempo tivemos compromisso social, ambiental e com a sustentabilidade e destaco aqui uma agenda já acertada para 2020 entre Brasil e Itália e um convite que fizemos aos investidores italianos”, disse, enfatizando que o objetivo do Consórcio é fazer com que a Itália conheça um pouco mais das possibilidades da região.

“Temos portos, aeroportos, infraestrutura e muitas oportunidades de negócios na área de energias renováveis. Agradeço a Eneel Green Power que acredita na região, investe em nosso Estado e buscamos parceiros e sou grato por esta confiança”, explica o governador.

Segundo o governador, o Nordeste, dentro do plano feito para o Brasil até 2030, a meta é alcançar 50 novas gigas de energia, a prioridade é energias renováveis. “O governo brasileiro planeja que 40 dos 50 gigawatts na região Nordeste. Espero que pelo menos 10 sejam produzidos no Piauí, com energia solar e eólica, especialmente”, diz o governador, declarando que o Piauí tem a maior carteira de investimentos do país, com 32 projetos, sendo nove já aprovados efetivamente, equivalente a cerca de 2 bilhões de euros com os novos projetos que englobam saneamento, porto integrado com rodovia e ferrovia, metrô, veículo leve sobre trilho.

Wellington ressaltou ainda o esforço conjunto dos governadores da região na redução da violência. “O Nordeste foi a região que mais alcançou vitória nesse sentido. O Piauí é o quinto estado mais seguro do Brasil e isso é um esforço coletivo da região e queremos trabalhar nessa direção, trabalhar com a educação, pois entendemos que ao investir em educação, avançaremos em outras áreas”, disse.

O governador destaca o empenho do ministro Gualtieri em manter esse diálogo com o Nordeste. “Ele, inclusive, acatou a proposta da criação de um grupo de trabalho que possa trabalhar esse estreitamento com o Brasil, em especial com o Nordeste e garantiu que vai envolver outros ministérios para organização e participação da Itália em dois eventos programados para a região Nordeste em 2020, onde serão discutidas áreas de saneamento e outros segmentos”, afirma Wellington.

Dê sua opinião:

Tags