Dois irmãos que já haviam sido detidos por fraudarem concurso público da Polícia Militar do Piauí, foram agora apreendidos por tentarem fraudar concurso em Sergipe, no último domingo (01/07). O setor de investigação da Polícia Civil do Piauí auxiliou a Secretaria de Segurança de Sergipe para realizar prisão dos dois.  

Irmãos Hygor e Aylton foram detidos pela segunda vez tentando fraudar concurso público. (Foto: Divulgação/SSP SE)

Os irmãos foram identificados como Hygor Ayslan Oliveira Lima, de 28 anos e Aylton Hytalo Oliveira de Lima, de 26 anos. “Nós monitoramos essa dupla desde o ano de 2016 quando eles ainda eram suspeitos de fraudar concursos. Realizamos a prisão dos dois que foram soltos e respondem processo por fraude”, declarou Riedel. 

Agora em Sergipe, um dos irmãos foi preso com um aparelho celular dentro de um gesso. 

Segundo a assessoria de comunicação da PM, a polícia já estava acompanhando tentativas de fraudar a prova e chegaram até os dois que estavam em uma mesma sala. Um deles chegou a fazer a prova e o outro foi preso em flagrante quando o celular tocou dentro da sala de aula. 

Um dos homens estava com o braço imobilizado com gesso, questionado sobre a fratura, ele teria dito que sofreu um acidente de moto, porém foi levado para um hospital e ao realizar um exame de raio-x foi constatado que um aparelho celular estava dentro do gesso. O outro estava com um aparelho celular colado com fita embaixo da mesa da prova. 

Os suspeitos são do município de Carnaíba, em Pernambuco. E, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), até o início da noite de segunda-feira (2), eles continuavam presos. Além de atuarem no Piauí, os irmãos também são acusados de atuarem no Ceará. 

Com informações do Saiba Mais.

Dê sua opinião:

Tags