O Sindicato da Indústria da Construção Civil no Piauí (Sinduscon/PI) realizou nesta terça-feira (03) encontro para apresentar dados do terceiro trimestre do ano de 2019. Durante a reunião, representantes de incorporadoras puderam se atualizar com as novas informações sobre o Índice de Velocidade de Vendas (IVV) trazidas por Francisco Claubert, consultor representante da Brain no Nordeste.

O presidente do Sinduscon/PI, Francisco Reinaldo, comentou as amostragens do mercado e relatou que o setor da construção civil em Teresina está com grandes expectativas para próximo trimestre, pois em comparação ao mesmo trimestre de 2018, o Brasil cresceu 1,2% em seu PIB, sendo construção e indústrias os carros-chefes do crescimento.

"São informações relevantes do mercado onde temos uma amostragem real do mercado de Teresina, como ele está se comportando. Essas informações explicam que as vendas efetivamente melhoraram, é o que os números apresentam, e estamos criando uma expectativa positiva para o próximo trimestre que deverá manter esse nível de melhorias de vendas", declara.

O consultor representante da empresa Brain no Nordeste, Francisco Claubert, ressaltou a importância do estudo sobre o mercado imobiliário. "Esse estudo é um levantamento, uma análise de dados, é um censo. É uma análise aprofundada dos dados do mercado imobiliário, no caso, da cidade de Teresina. Nesse censo, nós analisamos a oferta lançada, ou seja, os lançamentos, a oferta final que é o estoque ainda nas mãos dos incorporadores e as vendas por trimestre", relatou.

Sobre questões imobiliárias e alcance de resultados, Claubert parabeniza o trabalho feito pelo Sinduscon/PI no planejamento e entrega de demandas.

"Destaco o belíssimo trabalho do Sinduscon do Piauí na pessoa do presidente Francisco Reinaldo pelo esforço que está fazendo no sentido de entregar essa ferramenta aos seus associados, a qual fundamentará os incorporadores, em geral, para que possam nos seus planejamentos colocar produtos mais adequados às demandas", destacou.

Os Indicadores Imobiliários Nacionais divulgados pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), apontam que no 3º trimestre deste ano, os lançamentos apresentaram um aumento de 4,1% em relação ao trimestre anterior e um aumento de 23,9% na comparação do mesmo período do ano anterior. O Nordeste é a segunda região com mais unidades residenciais lançadas totalizando 4.565, ficando atrás somente da região Sudeste, com 21.054 unidades.

Dê sua opinião:

Tags