Esta semana foi marcada pela visita da promotora de Justiça Marlúcia Evaristo, titular da 28ª Promotoria de Justiça de Teresina – promotoria de defesa da pessoa com deficiência e do idoso –, à casa reformada pela Prefeitura para uma família formada por sete irmãos, sendo que seis deles possuem deficiência mental. A solicitação da reforma foi feita pelo Ministério Público com o objetivo de melhorar a situação da família. A promotora de Justiça declarou que a reforma ficou excelente.

“Encontramos essa família em uma situação crítica, então solicitamos que a SDU Sul fizesse uma limpeza na casa e no terreno, pois não tinha condições de moradia. Questionamos se existia algum projeto de melhoria habitacional para tentar ajudar essas pessoas. Imaginamos que seriam pequenos reparos, mas fizeram uma construção mesmo, a casa está excelente. A gente vê que o material é de primeira qualidade, algo que as pessoas dessa família jamais teriam condições de adquirir”, comentou Marlúcia Evaristo.

A casa tinha apenas 60 metros quadrados de área construída e agora tem mais de 130 metros quadrados, adaptada de acordo com as necessidades dos moradores. São quatro quartos, com dois banheiros, sala e cozinha. O investimento foi de R$ 116 mil - recursos do município.

O Superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, explicou que o projeto da residência foi elaborado a partir da realidade da família e de informações de pessoas que prestam assistência aos moradores. “Eles terão quartos separados, banheiro amplo e uma boa área de ventilação”, destacou.

Dê sua opinião:

Tags