Após 5 cortes seguidos, a Petrobras anunciou nesta quarta-feira (30/05) uma elevação no preço da gasolina nas refinarias. O preço do litro da gasolina subirá 0,74% a partir desta quinta-feira (31), passando de R$ 1,9526 para R$ 1,9671.

Gasolina deve sofrer novo reajuste após Petrobras anunciar aumento  (Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas)

O última reajuste tinha sido anunciado na segunda-feira, quando houve redução de 2,84% no preço da gasolina. Em maio, já foram anunciadas 13 altas e 6 quedas no preço da gasolina.

Já o preço do diesel segue congelado em R$ 2,1016, conforme anteriormente anunciado devido a um acordo da estatal com o governo brasileiro em meio à greve de caminhoneiros.

O repasse do corte para o valor pago pelos consumidores nas bombas depende dos donos dos postos. Os cortes anunciados nos últimos dias não foram sentidos pelos consumidores, uma vez que abastecimento no país ainda não foi normalizado e que a distribuição continua sendo afetada pelos protestos dos caminhoneiros.

A Petrobras adotou novo formato na política de ajuste de preços em 3 de julho do ano passado. Segundo a nova metodologia, os reajustes acontecem com maior frequência, inclusive diariamente, refletindo as variações do petróleo e derivados no mercado internacional, e também do dólar.

Preços do diesel congelados nas refinarias

A Petrobras anunciou na semana passada que o preço do diesel comercializado em suas refinarias ficará inalterada por 15 dias, até 7 de junho. Após essa data, será aplicado o novo programa anunciado pelo governo, que prevê redução de R$ 0,46 no preço do litro por 60 dias e reajustes mensais após esse prazo.

Dê sua opinião:

Tags