Música, alegria e irreverencia essas são algumas das características dos vários blocos de ruas de Teresina. Para fortalecer ainda mais essa manifestação presente em todas as zonas da capital, foi criada em novembro do ano passado a Associação dos Blocos Carnavalesco do Piauí (ABCP), que atualmente conta com vinte e um blocos, no Carnaval de 2019, apenas onze irão colocar o bloco na avenida.

“A ABCP veio para intensificar ainda mais o carnaval de rua fazendo com que ele seja possível de forma segura e organizada para que os foliões possam realmente se divertir”, ressalta Valdo Alves, presidente da associação.

Carnaval das Multidões

Teresina vai se transformar em um verdadeiro circuito da folia. Durante os dias 1 a 6 de março, os blocos na capital realizam “o carnaval das multidões” com o apoio da Associação dos Blocos Carnavalescos do Piauí – ABCP. Durante esse período são aguardados mais de 400 000 foliões.

Ao longo dos anos, os blocos de rua em Teresina foram agregando elementos artísticos, aumentando e profissionalizando suas estruturas como por exemplo som e iluminação, investindo em segurança e logística dos espaços para realizar os arrastões e até a dispersão são articulados e estudados junto aos órgãos competentes para garantir aos foliões diversão de forma segura.

“Teresina tem Carnaval, prova disso são os blocos espalhados em todas as zonas. Blocos com tradição e história aguardados pelo público e outros que estão começando agora, com proposta diferente, mas com o mesmo objetivo, divertir o folião”, ressalta o diretor cultural Chico Luiz.

A ABCP tem o apoio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Arroz Real, vereador Joaquim do Arroz e vereador Luiz André. Patrocínios Ford Antares e Bhahma Chopp.

Confira o roteiro de Carnaval dos blocos associados a ABCP que estarão levando a alegria e muita diversão.

Banda Bandida

O “abre alas da folia” começa nas primeiras notas da banda Bandida. Tradição que começou em 1988 com objetivo de levar diversão para um grupo de amigos ganhou forma e é referência de bloco de rua no Estado. Anualmente suas prévias arrasta milhares de pessoas pelas ruas do Centro de Teresina. A concentração no bar Fundo de Quintal, rua 24 de Janeiro vira ponto garantido para folia e diversão. O evento reuni foliões de gerações diferentes ao som de marchinhas carnavalescas.

Bloco do Pernambuco

Uma festa intimista somente para familiares, amigos e vizinhos se tornou o bloco mais aguardado de Teresina. O local, mais conhecido impossível, o Bar do Pernambuco, Centro da capital. Após quase 14 anos de Carnaval, as prévias de Zé Pereira ganharam espaço totalizando mais de dez edições. Marchinhas e frevos são entoados e o público fiel comparece em peso.

Domingo (3) e terça (5) de carnaval o Bar do Pernambuco aguarda os foliões para comemorar a folia de Momo.

Rapazes Alegres

Surgiu de uma brincadeira irreverente entre amigos e vizinhos na região do antigo Mercado Cajueiro, hoje, Palácio da Música, Centro de Teresina. Os homens se vestiam de mulher e iam jogar bola e depois da partida caiam na folia. O bloco considerado o mais antigo do Piauí, completa 35 anos de muita alegria e diversão.

Bloco das Fuleiras

O encontro era no domingo de carnaval, homens vestidos de mulher para jogar uma partida de futebol, depois iam para um bar com as vestimentas e caiam na folia. Ao longo do tempo, a festa foi crescendo dando lugar a um desfile pelas principais ruas - São Pedro, Pedro Freitas, Gil Martins e Barã0 - do bairro Tabuleta, zona Sul de Teresina, com partida e chegada no “Beco das Fuleiras” – rua Riachuelo. A Orquestra da Prefeitura e bonecos gigantes puxam o desfile ao som de frevo e marchinhas. Há 13 anos, os foliões aguardam ansioso por essa folia que sempre acaba em diversão com grandes atrações.

Bloco do Dedim

“Um Dedim de Paçoca no carnaval de Teresina” é o tema do bloco Dedim em homenagem ao aos 40 anos do bairro Saci. O objetivo é resgatar o Carnaval de rua na principal avenida do bairro. A programação começa às 16h até 21h, com a banda Rivotril Elétrico, Arrastões dos blocos tradicionais do bairro e orquestra de frevo da Prefeitura de Teresina. A festa acontecerá no domingo (03) com palco e praça de alimentação a disposição da comunidade e dos foliões.

Piauí Samba

Sambistas de corpo e alma, o carnaval dura os 365 dias do ano, mas no período da festa de Momo a explosão alegria e samba no pé é ainda maior. Há 14 anos o bloco comandado por Robert Gleydson chama os foliões para fazer a maior segunda de carnaval do Piauí. Além da própria banda, convidados também dão uma palinha e caem na dança.

Bloco Negão da Macaúba

Tradição e alegria é a mistura certa para mais uma vez cair na rua ao som de marchinhas e muito confete e serpentina, essa é a forma que o bloco Negão da Macaúba se apresentará no sábado (2) de Carnaval. Os foliões serão arrastados ao som da Charanga Carnavalesca pelas principais ruas do bairro Macaúba, zona Sul de Teresina. Frevos, marchinhas de Carnaval, sambas, samba reggae, axés, carimbos e lambadas, desta vez no Parque Ambiental que recentemente passou por uma reforma e ganhará decoração especial para receber o bloco. O bloco que é sucesso no bairro e na região prova a grandiosidade da folia em um bairro que respira cultura. Criado em meados do carnaval 2011 com músicos que animarão cerca de 300 foliões com uma charanga tocando marchinhas e frevos tradicionais. Hoje o bloco faz menção ao uma figura lendária do imaginário popular teresinense dos anos 80 “O Negão da Macaúba”.

Bloco Chico Cara de Onça

Um dos maiores e mais tradicionais blocos da zona Sul de Teresina reuni milhares de pessoas todos os anos para se divertir. O bloco Chico Cara de Onça, foi fundado em 1995 por quatro amigos por meio de uma brincadeira. Ao notar que na região não tinha bloco na segunda de carnaval resolverão criar sua própria festa que ganhou proporção ao som de frevo, axé e marchinhas.

Bloco Pinto na Morada

O bloco Pinto na Morada há três anos prepara a verdadeira folia no sábado de carnaval. Com o propósito de resgatar o carnaval raiz, conquistou um público fiel que vai desde as crianças até os idosos. Neste ano o evento contará com uma área infantil, além de duas bandas e uma orquestra de frevo e terá concentração na praça de eventos Carlos Castelo Branco, no bairro Morada do Sol, zona Leste de Teresina. Ah, o gigantesco mascote, assim como também bonecos gigantes farão parte desta folia.

Bloco Batatinha do Louah

Uma festa de aniversário que se transformou em um bloco de carnaval e que há quatro anos movimenta o bairro de Fátima, na zona Leste de Teresina. Em 2018 a folia cresceu e para esta edição são esperados cinco a dez mil foliões para pular carnaval com essa turma irreverente.

Vaca Atolada

Há 27 anos o maior bloco da zona Norte arrasta uma verdadeira multidão no bairro Matinha. O bloco começou com uma brincadeira de amigos e virou atração na cidade. Do “Carnaval da Matinha” para “Vaca Atolada”, a brincadeira de um amigo que se vestiu de vaca pegou e hoje o bloco tem uma enorme vaca dentro de um caldeirão. A concentração do tradicional desfile com a mascote do bloco, chama a atenção das pessoas que segue em uma só alegria a avenida Alameda Parnaíba e as ruas Santos Dumont e Sergipe em uma mistura de ritmo que vai do frevo, axé, samba e muita marchinha carnavalesca. O ápice da festa é a chegada do bloco no Iate Clube para as atrações musicais.

Bloco do Juarez

“Juarez, o seu amigo da vez!” é um bloco itinerante que leva informação e prestação de serviço aos foliões. Sempre com uma boa instrução para as recorrentes derrapadas que os foliões cometem durante a folia de Momo. O bloco estará em todos os blocos divertindo e informando.

Dê sua opinião:

Tags