As fortes chuvas registradas em Corrente provocaram alagamentos, destruição e deixaram moradores ilhados nesta quinta-feira (26). Os locais mais atingidos são os bairros Nova Corrente e residências próximas ao Rio Corrente, que transbordou, além de prédios públicos como a Unidade Básica de Saúde do centro e a Agespisa.

Foi o maior volume registrado para o mês de março no município. O nível de água atingiu cerca de 100mm em três horas, e o Rio Corrente transbordou, fazendo com que trechos de vias importantes ficassem intransitáveis.

Procuramos o Secretário de Urbanismo, o engenheiro Raife, que ficou de enviar o plano de trabalho e detalhes da operação da defesa civil municipal, até o final desta matéria, o mesmo não enviou nada a nossa equipe.

Procuramos também a Secretaria de Trabalho e Cidadania, Daine Teles, nos informou que foi feito a doação de cestas básicas e que começaram uma campanha de arrecadação de ajuda, móveis, alimentos e produtos de limpeza para as famílias atingidas.

Dê sua opinião:

Tags