Utilizar bens públicos para fins pessoais é proibido e quem o faz esta cometendo o crime de improbidade administrativa, que em linhas gerais, significa cometer atos de desonestidade. Em todo o território nacional, é proibido que funcionários públicos, quer sejam eles do alto escalão ou não, utilizem os veículos da prefeitura para servir a necessidades pessoais, e apesar da proibição, não é preciso conversar com muitas pessoas, para se ouvir denúncias de Correntinos que flagraram o carro da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, cometendo esta irregularidade.

Um popular flagrou o momento que um funcionário estaciona o carro na Rodoviaria de Corrente, e as pessoas começam a colocar suas bagagens,o carro que é um veículo público se torna um táxi.

A Secretário Municipal de Meio Ambiente do município, Marcos Dantas, foi informado do ocorrido, mais afirmou que vai se manifestar apenas na sexta-feira.

Caso o crime seja comprovado, o infrator será penalizado de acordo com a Constituição Federal, que diz que os atos de improbidade administrativa importarão a suspensão dos direitos políticos, a perda da função pública, a indisponibilidade dos bens e o ressarcimento aos cofres públicos.

Dê sua opinião:

Tags